Jangurussu – 1995

capa-religare
Religare – 2005
23 de outubro de 2015

Jangurussu – 1995

capa-jangurussu

O Balé Jangurussu foi criado em 1995 pela coreógrafa e diretora geral da EDISCA, Dora Andrade. Após uma visita ao antigo aterro sanitário de Fortaleza, no bairro do Jangurussu, a coreógrafa ficou muito sensibilizada em ver centenas de famílias catando do lixo as suas sobrevivências. Crianças disputando com urubus pedaços de alimentos em decomposição, mães amamentando bebês sentadas nas montanhas de lixo, e homens duelando pelo domínio da melhor parte dos dejetos.

Foi assim que surgiu a idéia do Balé Jangurussu, prêmio Funarte de melhor coreografia de 1996 e espetáculo de maior público no Theatro José de Alencar no mesmo ano. No total foram 47.191 espectadores em 70 apresentações em 7 capitais do Brasil. Espetáculo de dança contemporânea de grande beleza plástica e carga dramática, que promove uma verdadeira catarse ao público que invariavelmente aclama com aplausos emocionados.

FICHA TÉCNICA

  • Coreografia: Dora Andrade
  • Assistentes Coreográficos: Valério Oliveira
  • Colagem Musical: Chico de Sales
  • Cenografia, material cênico e figurino: Marcelo Santiago
  • Adereçaria: Funai
  • Iluminação: Samir Kassouf
  • Fotografia: Mila Petrillo
  • Produção: Gerusa Pacheco
  • Direção Geral: Dora Andrade
Contato para eventos: (85) 3278-1515 / (85) 98869-1180 – edisca@edisca.org.br